nerd girl

Filmes

4 filmes para assistir sozinho

Leia o post

nerd girl

Livros

Dica de leitura: Sombra e Ossos

Leia o post

nerd girl

Meus Textos

Acreditar [...] de alguém também é maneira de amar

Leia o post

nerd girl

Aplicativos

3 Aplicativos para ler no celular ou tablet

Leia o post

27 maio 2016

Editando fotos de outono com BeFunky

Olá pessoas! Curtiram bastante o feriado?

No post de hoje eu trouxe pra vocês uma das coisas que mais gosto de postar aqui, Fotografia. E é sobre uma das minhas estações do ano favorita, pra quem ainda não leu tem um post sobre o outono aqui.





Essas fotos foram tiradas numa lagoa aqui da minha cidade, fiquei tão apaixonada pelo lugar que pretendo fazer um piqui-nique ainda esse ano haha. Acho tão lindo ver as folhinhas ficando secas ou o chão todo coberto de folhas e flores.


 Ah, e claro não poderia faltar uma foto de livro, né? haha

Bom, recentemente recebi alguns elogios sobre as minhas fotos lá insta e a convite do Editor de fotos BeFunky eu editei essas fotos por lá e agora vou contar um pouco sobre a edição pra vocês.

Recentemente o BeFunky traduziu seu editor de fotos online, que conta com três ferramentas diferentes de edição: Editor de fotos, Designer gráfico e Colagem. E hoje vou falar pra vocês um pouco sobre o Editor de fotos, já que é o que usei para produzir essas fotos.

O editor de fotos online BeFunky conta várias opções de edição, desde as edições essenciais como: corte, brilho exposição, nitidez, até ferramentas de retoque onde você pode remover manchas, iluminar os olhos, mudar a cor do cabelo e ainda retocar a make.

Exemplo da interface

A interface do aplicativo é bem fácil de usar, e com ele você consegue criar fotos super legais usando os vários efeitos disponíveis. Além dos efeitos, você pode criar pinturas em suas fotos, adicionar sobreposições, texturas, gráficos e textos.

Já perceberam o quão completo é o aplicativo, né? Então pra finalizar, ainda tem os filtros que deixam a foto ainda mais bonita, um dos meus favoritos é o Chromatic 2.

Editando


Para conseguir esse efeito eu fiz da seguinte forma: Na parte de exposição eu deixei o brilho ajustado em 4.00, contraste em 56.00, destaques em 33.00, sombras em 23.00 e luz em 50.00. Já na parte de cor diminui a saturação para -23.00 e aumentei a temperatura para 12.00. Em seguida adicionei o filtro Chromatic 2 na parte de Fatured e por fim adicionei a light leaks 2. Gostaram?

Então é isso pessoas, já conheciam o Befunky? O que acharam das fotos? Deixa aí nos comentários e não esquece de ir conferir tudinho que esse editor oferece. Beijos e até logo!

*Este é um publipost, mas dei minha sincera opinião 

Me acompanhe nas redes sociais

25 maio 2016

Playlist - A garota que você deixou para trás



Olá pessoas, adivinhem quem voltou? Isso mesmo, a louca das playlists e dessa vez trazendo para vocês uma sequência de músicas inspirada no romance "A garota que você deixou para trás" que foi escrito pela talentosíssima Jojo Moyes. Ah, e tem resenha dele aqui no blog, caso queiram ler basta clicar aqui.

Como de costume, a playlist foi criada usando o Spotify, caso não tenham uma conta é bem simples: O primeiro passo é acessar esse site Play Spotify, em seguida criar uma conta usando o facebook ou um endereço de e-mail caso ainda não tenha cadastro,  caso tenha é só efetuar o login com seus dados. Depois disso basta voltar aqui no post, atualizar a página e apertar o play, a nova janela abrirá automaticamente e você poderá ouvir as músicas. Bem simples, né? Qualquer dúvida, deixa ai nos comentários.

Espero que gostem e curtam bastante essas musiquinhas. Aperte o play e ouça a playlist ♥


Lembrando que essa não é a playlist oficial do livro, okay? E aí, qual foi a sua música favorita? Deixe aí nos comentários. Adorarei saber o que você achou. Beijos e até logo!

Me acompanhe nas redes sociais

23 maio 2016

Acreditar nos sonhos de alguém também é uma maneira de amar



Durante essa semana eu pensei, pensei e pensei mais um pouco sobre tudo. Organizei os pensamentos que há muito tempo andavam desordenados e com isso acabei voltando ao meu passado e percebi quanta coisa fui capaz de aprender com ele. Antes de escrever esse texto, eu tomei uma xícara de café, fui até a varanda observar o céu, li um livro de romance e por fim resolvi abrir o bloco de notas do computador e me permitir transformar todos os meus sentimentos em palavrinhas.

Sabe, nessa minha semana meio reflexiva senti tantas emoções que poder escrever sobre elas agora é um grande alívio. Dentre todos esses devaneios me peguei imaginando no quanto somos pessoas egoístas. Muitas e muitas vezes já me chateei por algumas pessoas terem me feito sentir menos do que sou. É triste saber que existem tantas pessoas no mundo que não querem nos ver bem, nos ver felizes e realizando nossos sonhos. 

Minha avó certa vez me disse que durante minha caminhada iria encontrar pessoas más disfarçadas de boazinhas, ou pessoas que são infelizes e que por isso não suportam ver a felicidade do outro, com essas palavras da minha avó eu refleti muito e cheguei a conclusão de que não há motivos para sermos assim. 

Devemos ocupar nosso tempo buscando nossa felicidade, devemos ficar felizes em ver quem nós amamos feliz. Eu acredito naquela frase que diz assim "Eu sei que a gente pode sonhar sozinho, mas quando a gente sonha juntinho o universo transborda carinho e o mundo vira um lugar melhor".

Nós muitas vezes podemos ter todos os motivos do mundo para sermos egoístas, podem ter nos ferido, magoado ou qualquer coisa do tipo, mas eu prefiro ter aquela crença bonita de sempre acreditar no melhor das pessoas, por mais que isso possa me fazer sofrer as vezes.

Quando nós desejamos a felicidade do outro, involuntariamente ela retornará pra gente, pois a vida é um espelho imenso e sempre vamos atrair aquilo que nós emitimos. Por isso eu continuo acreditando nas pessoas, apesar dos pesares continuo confiando, amando e torcendo para a felicidade de quem quer que seja.

Porque a vida é assim, num dia podemos ter tudo e no outro não ter nada. Devemos ser gratos a qualquer coisa minima que nos vier e amar enquanto podemos, e acredite não há nada melhor no mundo que amar. E retornando a frase que citei, "Quando a gente sonha junto o mundo vira um lugar melhor". Por isso sonhe, sonhe, sonhe bastante e acredite também nos sonhos das pessoas que você ama, porque acreditar nos sonhos de alguém também é uma maneira de amar.

Me acompanhe nas redes sociais

21 maio 2016

Resenhando: Não se apega, não e Não se iluda, não (Vídeo)

Olá pessoas! No post de hoje teremos o terceiro e último vídeo do mês. Finalmente consegui cumprir com meu calendário de vídeos cof* cof*. Nesse terceiro vídeo temos uma resenha dupla com os livros Não se apega, não e Não se iluda, não da blogueira e youtuber Isabela Freitas. No vídeo eu falo um pouco sobre o enredo da história e minha opinião a respeito de cada um deles.

Sinopse dos livros
  • Não se apega, não

Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase "você deve encontrar a metade da sua laranja". Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. 
Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.
  • Não se iluda, não

Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como 'A Garota em Preto e Branco'. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. Assunto é o que não falta. Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe... Entre shows e passeios na praia, Isabela precisa admitir para si mesma que sente uma atração cada vez maior pelo seu melhor amigo. Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de 'Não se apega, não'. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a personagem Isabela vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando seu caminho é bem acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.




Enfim, por hoje é isso, espero que vocês tenham gostado do vídeo e não se esqueçam de deixar seu comentário e seu joinha, okay? Beijos e até logo!
Me acompanhe nas redes sociais

19 maio 2016

Vale a pena Assistir: Divertida Mente



E aí, Pessoas! Tudo bem com vocês? Por aqui tá tudo bem, obrigada.

No post de hoje vou indicar pra vocês um filme íncrivel que assisti há alguns dias com a minha irmã de 11 anos. Quem me acompanha aqui sabe o quanto eu sou apaixonada por animações e dessa vez não foi diferente. Divertida Mente conseguiu me emocionar e me fazer refletir de uma maneira bem legal, e claro, eu não poderia deixar de falar sobre ele aqui com vocês. *Nesse post não contem o enredo da história nem spoilers

SINOPSE: Riley é uma garota divertida de 11 anos de idade, que deve enfrentar mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal, no estado de Minnesota, para viver em San Francisco. Dentro do cérebro de Riley, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder deles é Alegria, que se esforça bastante para fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que ela e Tristeza sejam expelidas para fora do local. Agora, elas precisam percorrer as várias ilhas existentes nos pensamentos de Riley para que possam retornar à sala de controle - e, enquanto isto não acontece, a vida da garota muda radicalmente.








Divertida Mente conta a historia de Riley, uma garotinha divertida de 11 anos de idade, que teve que enfrentar importantes mudanças em sua vida após a decisão de seus pais de se mudarem da sua cidade natal, no estado de Minnesota, para passar a viver em San francisco. Dentro da cabecinha de Riley conviviam várias emoções diferentes, como: a alegria, o medo, a raiva, o repulsa e a tristeza.

A alegria era responsável por todas as lembranças boas e tudo de feliz que havia na vida de Riley. A raiva fazia com ela que ela ficasse de mau humor. O medo a deixava assustada e insegura, já a tristeza a deixava triste e por aí vai.




Divertida Mente é bem interessante pois mostra como nossas emoções "funcionam", de certa forma. Para cada coisa que acontece na vida de Riley é uma mudança diferente. E o mesmo acontece com a gente. 

Na vida de Riley a alegria era a emoção mais importante, e por mais que ela tentasse se adaptar as mudanças e continuar trabalhando bem, as outras emoções sempre acabavam entrando em conflito, e isso causou várias mudanças no comportamento dela.

A parte visual do filme foi bem produzida e eles conseguiram representar muito bem cada uma das reações causadas pelas emoções. Gostei muito também da forma como o "corpo humano" foi representado, além das ilhas da personalidade... Enfim, um filme bem criativo e legal.






Não é atoa que Divertida Mente foi um dos filmes de maior destaque em 2015. Além de divertido é emocionante, e nos faz refletir a respeito das mudanças que enfrentamos ao longo dos anos e das lembranças que vamos deixando para trás. Como não gosto de dar spoilers em minhas indicações de filmes, termino os comentários sobre o ele aqui.


E aí, já conheciam esse filme? Deixa aí nos comentários sua opinião sobre a história. Se tem vontade de assistir deixa aí também ♥ Por hoje é isso. Beijos e até logo!

Me acompanhe nas redes sociais
 
∴ Que transborde ∴ © Todos os direitos reservados // Créditos // voltar para o topo